Manoel de SouzaCrédito: Divulgação

Será realizado nesta segunda-feira, dia 24, o Congresso Estadual da Força Sindical do Mato Grosso. Os sindicalistas vão debater as paralisações de 28 de abril contra a terceirização e as propostas de reformas da Previdência e trabalhista, além de pela manutenção dos direitos dos trabalhadores. Outros temas em discussão são a conjuntura econômica, com mais de treze milhões de desempregados, e as ações para os próximos quatro anos.

O Congresso terá a presença dos seguintes integrantes da Direção Nacional da Central: Sérgio Luiz Leite, Serginho, 1º secretário da Força, e Geraldino Santos Silva, secretário de Relações Sindicais.

O Congresso será coordenado pelo presidente da Força-MT, Manoel de Souza.

O evento será realizado das 8 às 17 horas no auditório do Mato Grosso Palace Hotel, Rua Joaquim Murtinho, 170, Centro Norte, Cuiabá-MT.

Manoel de SouzaCrédito: Divulgação

Será realizado nesta segunda-feira, dia 24, o Congresso Estadual da Força Sindical do Mato Grosso. Os sindicalistas vão debater as paralisações de 28 de abril contra a terceirização e as propostas de reformas da Previdência e trabalhista, além de pela manutenção dos direitos dos trabalhadores. Outros temas em discussão são a conjuntura econômica, com mais de treze milhões de desempregados, e as ações para os próximos quatro anos.

O Congresso terá a presença dos seguintes integrantes da Direção Nacional da Central: Sérgio Luiz Leite, Serginho, 1º secretário da Força, e Geraldino Santos Silva, secretário de Relações Sindicais.

O Congresso será coordenado pelo presidente da Força-MT, Manoel de Souza.

O evento será realizado das 8 às 17 horas no auditório do Mato Grosso Palace Hotel, Rua Joaquim Murtinho, 170, Centro Norte, Cuiabá-MT.