A Força Sindical Bahia recebeu com surpresa e indignação as denúncias sobre o assédio sexual cometido pelo seu diretor, Paulo Roberto Silva Santos, durante as suas atividades enquanto dirigente do Sintepav BA. O Sindicato é filiado à nossa entidade.
assedio sexualCrédito: Divulgação

Esse comportamento não condiz com a história da Força Sindical, que foi fundada justamente no Dia Internacional da Mulher, e teve, na Bahia, a primeira e única mulher presidente de uma Central. Tampouco se reflete na biografia do Sintepav BA. Lutamos por uma sociedade mais igualitária e realizamos palestras, oficinas e atendimentos no intuito de conquistar melhores condições de trabalho, igualdade salarial, além de uma vida digna sem assédio moral ou sexual, violência física ou psicológica.

A Força Sindical Bahia aplaude a atitude do Sintepav BA, que honrou o compromisso expresso com o Ministério Público do Trabalho de adotar a postura ativa na busca da verdade para demonstrar que não compactua, sob nenhum pretexto, com este tipo de conduta.

Essa é uma luta de toda a sociedade, que precisa ficar vigilante aos princípios e aos direitos humanos das mulheres, imprescindíveis numa civilização moderna. Muito foi conquistado, mas ainda temos inúmeros desafios pela frente.

O nosso compromisso com a verdade e a luta por uma vida sem violência não muda. Repudiamos a atitude e tomaremos as providências cabíveis diante da acusação. Estamos à disposição das mulheres e seus familiares para prestar nossa solidariedade e apoio. Também estamos à disposição da justiça para qualquer esclarecimento.

Força Sindical BA
 

assedio sexualCrédito: Divulgação

Esse comportamento não condiz com a história da Força Sindical, que foi fundada justamente no Dia Internacional da Mulher, e teve, na Bahia, a primeira e única mulher presidente de uma Central. Tampouco se reflete na biografia do Sintepav BA. Lutamos por uma sociedade mais igualitária e realizamos palestras, oficinas e atendimentos no intuito de conquistar melhores condições de trabalho, igualdade salarial, além de uma vida digna sem assédio moral ou sexual, violência física ou psicológica.

A Força Sindical Bahia aplaude a atitude do Sintepav BA, que honrou o compromisso expresso com o Ministério Público do Trabalho de adotar a postura ativa na busca da verdade para demonstrar que não compactua, sob nenhum pretexto, com este tipo de conduta.

Essa é uma luta de toda a sociedade, que precisa ficar vigilante aos princípios e aos direitos humanos das mulheres, imprescindíveis numa civilização moderna. Muito foi conquistado, mas ainda temos inúmeros desafios pela frente.

O nosso compromisso com a verdade e a luta por uma vida sem violência não muda. Repudiamos a atitude e tomaremos as providências cabíveis diante da acusação. Estamos à disposição das mulheres e seus familiares para prestar nossa solidariedade e apoio. Também estamos à disposição da justiça para qualquer esclarecimento.

Força Sindical BA