Objetivo é cimentar união com a categoria que representa cerca de oito mil trabalhadores
Pscina - Frentistas de OsascoCrédito: Sindicato

A 18° edição da Confraternização da Família Frentista, organizada pelo sindicato dos frentistas de Osasco/SP (Sinpospetro), será realizada  neste domingo, dia 10, a partir das  dez horas da manhã, no Clube de Campo da entidade, localizado em  Caucaia do Alto, distrito de Cotia/SP, na Estrada do Uemura, n° 337.

O evento ocorrerá numa  área com piscinas adulto, infantil e  quiosques, em meio a muito verde. A programação inclui o almoço e o churrasco com diversas opções de  bebidas, sorvetes e doces , além de  atrações como  shows  musicais com quatro bandas  e recreação  infantil.  

A confraternização será exclusiva para  frentistas  associados  e seus familiares (esposo/esposa e filhos e filhas). Empregados  ainda não sócios poderão se associar ao sindicato na entrada do evento e ter acesso aos benefícios que o sindicato oferece.

Para se associar é preciso apresentar aos funcionários do sindicato, na entrada do evento,  carteira de trabalho e o último holerite. Quem já é filiado deve levar consigo o  cartão de sócio e um documento de identidade.  Durante a festa,  “que já é uma tradição entre a categoria de Osasco”, de acordo com  José Maria Ferreira, presidente do Sindicato, “a  diretoria da entidade vai reforçar entre o público presente  mensagem   acerca da  importância  de a classe trabalhadora cimentar união com o sindicato na defesa dos direitos.
 
Campanha Salarial será abordada

Tesoureiro do Sinpospetro de Osasco e presidente da Federação Estadual dos Frentistas (Fepospetro), Luis Arraes, pretende   em seu discurso explicar aos trabalhadores as  dificuldades impostas   pela   nova lei trabalhista e o impacto que causará na campanha salarial  dos cem mil frentistas de São Paulo, cuja data-base é 1° de março.  “Mesmo com o baixo índice de inflação, vamos brigar por aumento real de salários e pela manutenção de todos os benefícios conquistados”, adianta.  

Negociações

Aprovada no dia 14 de novembro, durante reunião dos dezesseis sindicatos do Estado, em SP, a   pré-pauta de reivindicações será agora deliberada pelos  trabalhadores em  assembleias. O documento, após aprovado, será  entregue em janeiro de 2018 ao Sincopetro, patronal em São Paulo em conjunto com as entidades Recap, Resan e Regran, quando, a partir de então, serão marcadas as rodadas de negociações.  




 

Pscina - Frentistas de OsascoCrédito: Sindicato

A 18° edição da Confraternização da Família Frentista, organizada pelo sindicato dos frentistas de Osasco/SP (Sinpospetro), será realizada  neste domingo, dia 10, a partir das  dez horas da manhã, no Clube de Campo da entidade, localizado em  Caucaia do Alto, distrito de Cotia/SP, na Estrada do Uemura, n° 337.

O evento ocorrerá numa  área com piscinas adulto, infantil e  quiosques, em meio a muito verde. A programação inclui o almoço e o churrasco com diversas opções de  bebidas, sorvetes e doces , além de  atrações como  shows  musicais com quatro bandas  e recreação  infantil.  

A confraternização será exclusiva para  frentistas  associados  e seus familiares (esposo/esposa e filhos e filhas). Empregados  ainda não sócios poderão se associar ao sindicato na entrada do evento e ter acesso aos benefícios que o sindicato oferece.

Para se associar é preciso apresentar aos funcionários do sindicato, na entrada do evento,  carteira de trabalho e o último holerite. Quem já é filiado deve levar consigo o  cartão de sócio e um documento de identidade.  Durante a festa,  “que já é uma tradição entre a categoria de Osasco”, de acordo com  José Maria Ferreira, presidente do Sindicato, “a  diretoria da entidade vai reforçar entre o público presente  mensagem   acerca da  importância  de a classe trabalhadora cimentar união com o sindicato na defesa dos direitos.
 
Campanha Salarial será abordada

Tesoureiro do Sinpospetro de Osasco e presidente da Federação Estadual dos Frentistas (Fepospetro), Luis Arraes, pretende   em seu discurso explicar aos trabalhadores as  dificuldades impostas   pela   nova lei trabalhista e o impacto que causará na campanha salarial  dos cem mil frentistas de São Paulo, cuja data-base é 1° de março.  “Mesmo com o baixo índice de inflação, vamos brigar por aumento real de salários e pela manutenção de todos os benefícios conquistados”, adianta.  

Negociações

Aprovada no dia 14 de novembro, durante reunião dos dezesseis sindicatos do Estado, em SP, a   pré-pauta de reivindicações será agora deliberada pelos  trabalhadores em  assembleias. O documento, após aprovado, será  entregue em janeiro de 2018 ao Sincopetro, patronal em São Paulo em conjunto com as entidades Recap, Resan e Regran, quando, a partir de então, serão marcadas as rodadas de negociações.