10 de novembro é o dia Nacional de Luta em defesa dos direitos. Vários protestos estão sendo realizados em todo o país e ocorrem as vésperas da entrada em vigor da Lei (nº 13.467/17) da reforma Trabalhista.
10 de novembro Crédito: Mateus Medeiros

A ação do movimento sindical visa conscientizar os trabalhadores que as medidas pretendidas pelo governo, não geram emprego, são um verdadeiro retrocesso nas conquistas e ainda precarizam as condições de trabalho.

A diretoria do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Piracicaba e região participou da mobilização nacional, como também intensificou a Campanha Salarial, realizando um manifesto em frente as empresas da região sul.

Para Wagner da Silveira, Juca, secretário-geral do Sindicato, “a reforma Trabalhista acaba com direitos históricos dos trabalhadores. Vamos à luta.  Não iremos aceitar a retirada de direitos. O trabalhador merece respeito”, destacou.  




 

10 de novembro Crédito: Mateus Medeiros

A ação do movimento sindical visa conscientizar os trabalhadores que as medidas pretendidas pelo governo, não geram emprego, são um verdadeiro retrocesso nas conquistas e ainda precarizam as condições de trabalho.

A diretoria do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Piracicaba e região participou da mobilização nacional, como também intensificou a Campanha Salarial, realizando um manifesto em frente as empresas da região sul.

Para Wagner da Silveira, Juca, secretário-geral do Sindicato, “a reforma Trabalhista acaba com direitos históricos dos trabalhadores. Vamos à luta.  Não iremos aceitar a retirada de direitos. O trabalhador merece respeito”, destacou.