O Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região participa nesta sexta (10) do Dia Nacional de Luta em Defesa dos Direitos, organizado pelo movimento Brasil Metalúrgico e Centrais Sindicais.
Metalúrgicos de GuarulhosCrédito: Arquivo

Haverá manifestações em sete empresas da base, que mobilizarão centenas de trabalhadores contra a reforma trabalhista.
As mudanças nas leis trabalhistas, que ameaçam direitos conquistados em anos de luta, começam a valer a partir deste sábado (11).

O presidente do Sindicato, José Pereira dos Santos, diz: “Os metalúrgicos estão em Campanha Salarial, lutando contra a aplicação da reforma nas Convenções Coletivas. Só a luta faz a lei e a nossa história prova isso”.

Assembleias - Os protestos desta sexta acontecerão nas empresas Dyna e Umicore (Itapegica), Granei (Taboão), Modine (Bonsucesso), Carnevalli (Cidade Satélite, Cumbica), Raft (Vila Nova Cumbica) e Omel (Parque Industrial Cumbica).
 

Metalúrgicos de GuarulhosCrédito: Arquivo

Haverá manifestações em sete empresas da base, que mobilizarão centenas de trabalhadores contra a reforma trabalhista.
As mudanças nas leis trabalhistas, que ameaçam direitos conquistados em anos de luta, começam a valer a partir deste sábado (11).

O presidente do Sindicato, José Pereira dos Santos, diz: “Os metalúrgicos estão em Campanha Salarial, lutando contra a aplicação da reforma nas Convenções Coletivas. Só a luta faz a lei e a nossa história prova isso”.

Assembleias - Os protestos desta sexta acontecerão nas empresas Dyna e Umicore (Itapegica), Granei (Taboão), Modine (Bonsucesso), Carnevalli (Cidade Satélite, Cumbica), Raft (Vila Nova Cumbica) e Omel (Parque Industrial Cumbica).