miguel torresCrédito: Jaélcio Santana

Companheiros e companheiras!

Na segunda, 27 de maio, o Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil de São Paulo, presidido pelo companheiro Antonio Ramalho, organizará uma importante greve geral da categoria que está em plena campanha salarial e reivindica avanços sociais e econômicos para todos os trabalhadores.

É fundamental que as demais categorias apoiem a paralisação, pois a união faz a força e uma expressiva conquista coletiva na Construção Civil servirá de parâmetro para as demais categorias que estão ou entrarão em campanha salarial.

Contamos com o apoio de todos os dirigentes e ativistas, com carros de som e, principalmente, muita solidariedade e consciência para fortalecer a greve nos canteiros de obra. A concentração será na segunda, 27, às 5h, na sede central do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil de São Paulo, na rua Conde de Sarzedas, 286, centro de São Paulo/SP.

Um forte abraço,

Miguel Torres
Presidente da Força Sindical

miguel torresCrédito: Jaélcio Santana

Companheiros e companheiras!

Na segunda, 27 de maio, o Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil de São Paulo, presidido pelo companheiro Antonio Ramalho, organizará uma importante greve geral da categoria que está em plena campanha salarial e reivindica avanços sociais e econômicos para todos os trabalhadores.

É fundamental que as demais categorias apoiem a paralisação, pois a união faz a força e uma expressiva conquista coletiva na Construção Civil servirá de parâmetro para as demais categorias que estão ou entrarão em campanha salarial.

Contamos com o apoio de todos os dirigentes e ativistas, com carros de som e, principalmente, muita solidariedade e consciência para fortalecer a greve nos canteiros de obra. A concentração será na segunda, 27, às 5h, na sede central do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil de São Paulo, na rua Conde de Sarzedas, 286, centro de São Paulo/SP.

Um forte abraço,

Miguel Torres
Presidente da Força Sindical