artigo / opinião
secretarias
Criança e Adolescente
qui, 24 de abr/2014
Portadores de Deficiência
ter, 22 de abr/2014
jornal da força
Edição nº 89 seg, 24 de mar/2014
agenda

abril - 2014

D
S
T
Q
Q
S
S
 
 
01020304
05
06
07080910
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
2526
27
28
29
30
 
 
 
Notícias da Força
Compartilhe esta notícia com seus contatos das Redes Sociais
sex, 01 de abr/2011
FONTE: Assessoria de imprensa da Força Sindical

São Paulo (SP): Frentistas do Estado de São Paulo conquistam aumento de 9%

Os 100 mil frentistas do Estado de São Paulo vão ter os seus salários reajustados em 9%, índice que vai elevar o piso da categoria para R$ 947,70, conforme acordo firmado entre a Federação Estadual dos Frentistas (Fepospetro) e quatro sindicatos patronais.

Fechado dia 31 de março, o acerto vale desde 1º de março e prevê ainda tíquete refeição com valor facial de R$ 8,50 e a renovação dos demais itens da convenção coletiva passada, como proibição da terceirização dos serviços nos postos de combustíveis e de descontar dos salários dos empregados os 6% equivalentes ao vale transporte.

Os patrões continuam obrigados a fazer o seguro de vida e a fornecer a cesta básica para os seus funcionários, informou o presidente da Federação Nacional dos Frentistas (Fenepospetro), Antonio Porcino Sobrinho.

Reajuste supera a inflação

“O acordo foi bom porque o índice de aumento supera em 2,71% a inflação do período (março de 2010 a fevereiro de 2011)”, avaliou Porcino. “Foram três meses de negociações muito difíceis porque a posição inicial dos patrões era não dar aumento real”, lembra ele..

“Nossas conquistas comprovam que a pauta de reivindicações da categoria era justa e adequada ao crescimento econômico do país verificando no ano passado”, destaca o presidente da Fepospetro, Luiz de Souza Arraes

Para o secretário geral do Sindicato dos Frentistas de São Paulo e tesoureiro da Fepospetro, Vanderlei Roberto do Santos, o resultado da campanha salarial foi ótimo porque os trabalhadores alcançaram os objetivos traçados. “Mas tivemos que lutar muito”, resume.

 

CONVENÇÃO COLETIVA


· Aumento salarial: 9%

. Piso salarial frentista: R$ 947,70

. Piso caixa direto: R$ 1.093,50

. Piso frentista noturno: R$ 1.184,63

. Piso Frentista caixa noturno: R$ 1.366,88

. Gerente: R$ 1.895,40

· Tíquete refeição: R$ 8,50 (valor facial)

· Cesta básica

· Seguro de vida obrigatório

· Terceirização está proibida

· Proibido descontar dos salários dos empregados os 6% equivalentes ao vale transporte

. Cesta básica com 18 itens não perecíveis com 27 kg

. A um ano da aposentadoria o trabalhador não poderá ser demitido

 

 

1 comentários
faça seu comentário
600
carlos alberto dos santos
qua, 20 de mar/2013 H:i
É um reajuste mediano diante de tanto aumento nas mercadorias ,acho que o sindicato dos frentista tinha que fazer uma classificação dos frentista como 1,2e3 porque a os iniciantes que ainda não tem o devido dominio da profissão e ganham o mesmo salario, sendo assim este salario vigente passaria ser do frentista iniciante e do frentista nº 2 (1.184.63)e do frentista nº3 que é frentista que faz troca de oleo ,lava carros e atende na pista (1366.88) porque ai o iniciante se esforça para aprender e chegar a ser um frentista completo nesta profição
21
20
conteúdo relacionado
palavra do presidente
Miguel Torres, presidente da Força Sindical
cultura
filmes relacionados ao mundo do trabalho

Dica de Filme: 24 Horas (24: Live Another Day)

Três frases resumem os 192 episódios, ou as 192 horas mais difíceis na vida de Jack Bauer: “Essa era nossa única pista”, “Milhares de vidas estão em jogo” e, sobretudo “Preciso fazer o que tem que ser feito”. Leia mais ...
imagens
2014-04-15 00:00:00
charges

Rua Rocha Pombo, 94
Liberdade / SP - Brasil
CEP 01525-010

pabx
55 11 3348.9000

força mail

Para receber novidades, cadastre-se aqui: