artigo / opinião
secretarias
jornal da força
Edição nº 94 sex, 03 de out/2014
agenda

OUT/2014

D
S
T
Q
Q
S
S
 
 
 
01
02
03
04
05
06
070809
10
11
12
131415161718
19
20
21
22
23
24
25
2627282930
31
 
Notícias da Força
Compartilhe esta notícia com seus contatos das Redes Sociais
sex, 01 de abr/2011
FONTE: Assessoria de imprensa da Força Sindical

São Paulo (SP): Frentistas do Estado de São Paulo conquistam aumento de 9%

Os 100 mil frentistas do Estado de São Paulo vão ter os seus salários reajustados em 9%, índice que vai elevar o piso da categoria para R$ 947,70, conforme acordo firmado entre a Federação Estadual dos Frentistas (Fepospetro) e quatro sindicatos patronais.

Fechado dia 31 de março, o acerto vale desde 1º de março e prevê ainda tíquete refeição com valor facial de R$ 8,50 e a renovação dos demais itens da convenção coletiva passada, como proibição da terceirização dos serviços nos postos de combustíveis e de descontar dos salários dos empregados os 6% equivalentes ao vale transporte.

Os patrões continuam obrigados a fazer o seguro de vida e a fornecer a cesta básica para os seus funcionários, informou o presidente da Federação Nacional dos Frentistas (Fenepospetro), Antonio Porcino Sobrinho.

Reajuste supera a inflação

“O acordo foi bom porque o índice de aumento supera em 2,71% a inflação do período (março de 2010 a fevereiro de 2011)”, avaliou Porcino. “Foram três meses de negociações muito difíceis porque a posição inicial dos patrões era não dar aumento real”, lembra ele..

“Nossas conquistas comprovam que a pauta de reivindicações da categoria era justa e adequada ao crescimento econômico do país verificando no ano passado”, destaca o presidente da Fepospetro, Luiz de Souza Arraes

Para o secretário geral do Sindicato dos Frentistas de São Paulo e tesoureiro da Fepospetro, Vanderlei Roberto do Santos, o resultado da campanha salarial foi ótimo porque os trabalhadores alcançaram os objetivos traçados. “Mas tivemos que lutar muito”, resume.

 

CONVENÇÃO COLETIVA


· Aumento salarial: 9%

. Piso salarial frentista: R$ 947,70

. Piso caixa direto: R$ 1.093,50

. Piso frentista noturno: R$ 1.184,63

. Piso Frentista caixa noturno: R$ 1.366,88

. Gerente: R$ 1.895,40

· Tíquete refeição: R$ 8,50 (valor facial)

· Cesta básica

· Seguro de vida obrigatório

· Terceirização está proibida

· Proibido descontar dos salários dos empregados os 6% equivalentes ao vale transporte

. Cesta básica com 18 itens não perecíveis com 27 kg

. A um ano da aposentadoria o trabalhador não poderá ser demitido

 

 

download de arquivos relacionados
1 comentários
faça seu comentário
600
carlos alberto dos santos
ter, 19 de mar/2013 21:42
É um reajuste mediano diante de tanto aumento nas mercadorias ,acho que o sindicato dos frentista tinha que fazer uma classificação dos frentista como 1,2e3 porque a os iniciantes que ainda não tem o devido dominio da profissão e ganham o mesmo salario, sendo assim este salario vigente passaria ser do frentista iniciante e do frentista nº 2 (1.184.63)e do frentista nº3 que é frentista que faz troca de oleo ,lava carros e atende na pista (1366.88) porque ai o iniciante se esforça para aprender e chegar a ser um frentista completo nesta profição
25
20
conteúdo relacionado
áudios
qua, 15 de out/2014

palavra do presidente
Miguel Torres, presidente da Força Sindical
cultura
filmes relacionados ao mundo do trabalho

Dica de filme: Tempos Modernos (Modern Times)

Na década de 1930 a produção em série industrial era a imagem da modernidade, impondo um estilo de vida que se baseava no tempo de trabalho, na hierarquia do sistema produtivo e no poder de consumo que cada camada desta hierarquia passou a ter. Leia mais ...
imagens
2014-09-01 00:00:00
charges

Rua Rocha Pombo, 94
Liberdade / SP - Brasil
CEP 01525-010

pabx
55 11 3348.9000