artigo / opinião
secretarias
jornal da força
Edição nº 93 ter, 12 de ago/2014
agenda

OUT/2014

D
S
T
Q
Q
S
S
 
 
 
01
02
03
04
05
06
07
08
09
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
 
Notícias da Força
Compartilhe esta notícia com seus contatos das Redes Sociais
ter, 03 de mai/2011
FONTE: Assessorias de Imprensa do Sintracomos-sp e da Força Sindical

São Paulo (SP): Reajuste dos trabalhadores da construção civil é de 9, 75%

Aumento real é de 3, 4%

Os 370 mil trabalhadores da indústria da construção civil de São Paulo conquistaram reajuste de 9,75% (aumento real de 3,4%), o maior obtido até agora, segundo o presidente do sindicato da categoria, Antonio de Sousa Ramalho. Na opinião do sindicalista, este resultado pode servir de referência para outras categorias que vão negociar a Convenção Coletiva ao longo de 2011.

Com data-base em 1º de Maio, desta vez, o sindicato não precisou recorrer à greve para fechar o acordo da Convenção Coletiva.

Com o setor em pleno emprego, a negociação foi mais rápida neste ano. Os trabalhadores conseguiram ainda outras conquistas significativas, como a cesta básica de R$ 140, que significa aumento de 42,86% será paga via cartão magnético. “O trabalhador poderá comprar os alimentos que quiser”diz Ramalho.

O vale-refeição passou de R$ 12,50 para R$ 13,80, o que representa aumento de 10, 4% e o seguro de vida em grupo passou de R$ 30 mil para R$ 35 mil.

Os pisos salariais ficaram assim:

Montagem industrial – R$ 1.328,80 por mês ou R$ 6,04 por hora (para 220 horas mensais);

Profissionais qualificados - R$ 1.086,80 por mês ou R$ 4,94 por hora (220 horas mensais);

Profissionais não qualificados - R$ 910,80 mensais ou R$ 4,14 por hora (220 horas mensais).

Todas as cláusulas sociais da Convenção Coletiva de Trabalho anterior ficaram mantidas, tais como o café da manhã (dois pães com queijo, um pingado e uma fruta da época) e o lanche da tarde (um copo de leite, café ou suco ou isotônico e um pão francês com margarina).

Inserção da mulher

Foi acordado entre as partes a adoção de fórmulas de estímulo à integração das mulheres no universo de trabalho do setor da Construção Civil, bem como a efetivação de mecanismos de favorecimento à inclusão social nos canteiros de obras.

 

download de arquivos relacionados
1 comentários
faça seu comentário
600
Gisele Alves Ferreira
qui, 05 de abr/2012 21:18
Muito bem adorei que falem das mulheres no canteiro de óbras eu sou pedreira e tenho muito orgulho da minha profisao. continuem assim um abraço.
20
4
conteúdo relacionado
áudios
sex, 05 de set/2014

palavra do presidente
Miguel Torres, presidente da Força Sindical
ter, 30 de set/2014

Em quem votar no dia 5 de outubro

cultura
filmes relacionados ao mundo do trabalho

Dica de filme: O Deserto dos Tártaros

Qual o sentido da vida? Pergunta que o ser humano se faz há milênios e que nem sempre encontra respostas palpáveis. Viver é um ir e vir com infinitos propósitos. Um ir e vir em busca de algo que nem sempre o homem sabe o que é, nem no que vai dar. Leia mais ...
imagens
2014-09-01 00:00:00
charges

Rua Rocha Pombo, 94
Liberdade / SP - Brasil
CEP 01525-010

pabx
55 11 3348.9000

força mail

Para receber novidades, cadastre-se aqui: