artigo / opinião
secretarias
jornal da força
Edição nº 94 sex, 03 de out/2014
agenda

OUT/2014

D
S
T
Q
Q
S
S
 
 
 
01
02
03
04
05
06
070809
10
11
12
131415161718
19
20
21
22
23
24
25
2627282930
31
 
Notícias da Força
Compartilhe esta notícia com seus contatos das Redes Sociais
qua, 08 de jun/2011
FONTE: Assessoria de Imprensa da Força Sindical

São Paulo (SP): Reajuste salarial da Construção Pesada deve sair na próxima semana

O Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Pesada do Estado de São Paulo deverá fechar acordo da Convenção Coletiva até a próxima semana. Segundo Vilmar Gomes dos Santos, presidente da entidade, a reivindicação nesta data-base (1º de maio) era de reajuste salarial de 14%.

“Os patrões oferecem 10% agora e mais 1% em novembro. A proposta foi rejeitada pelos trqabalhadores”, informou Santos. Foi instaurado dissídio , mas a reunião de conciliação do TRT (Tribunal Regional do Trabalho) foi suspensa a pedido dos patrões que vão apresentar novo índice.

Santos afirmou que o acordo pode ser 11% de reajuste; piso de R$ 871,20 para todo o Estado, pagamento de 100% de hora-extra e sem banco de horas.
A categoria tem 95 mil trabalhadores no Estado SP.

download de arquivos relacionados
9 comentários
faça seu comentário
600
leoro martins da silva
sex, 18 de mai/2012 13:25
oi tomara que seja 14 vamos lutar por isso amigos.
77
12
Jose Paulo
sab, 26 de mai/2012 14:45
Somos extremamente explorados por prestarmos serviços quase sempre terceirizados, nosso salário tem que fazer jus, obrigado.
31
8
cristiano domingos franco
seg, 28 de mai/2012 21:11
nossos sindicatos brigam por uma coisa,mas os patrões oferecem outra totalmente oposta ao que realmente necessitamos.se esse aumento de 14% for real podemos dizer que um grande passo ja foi dado.
62
12
Douglas Henrique Barcelos
ter, 07 de mai/2013 22:59
Sou laboratorista trabalho na area de tecnologia na construção civil, e a maioria dos laboratorios não tem visita da ordem pulblica , precisamos ser vistos e vamos lutar por um salario digno , sou um pai de familia e não é justo os patroens enchendo a suas contas bancaria e os trabalhadores vivendo de tustão. obrigado pela atenção.
8
0
jaoo gildo ribeiro de oliveira
seg, 13 de mai/2013 14:53
trabalhamos muito!!!! e não podemos aceitar um reajuste salarial inferior a 14% pois é o minimo que os patrões podem fazer pelos os seus colaboradores.
17
0
egnaldo
seg, 13 de mai/2013 19:49
isso vamos precisamos de força total.esta na hora de parar de ser explorado....
5
0
monteiro
ter, 14 de mai/2013 15:19
para pessoas trabalhadora eles não queren da este bendito 14°/ e para estadio e outras coisas larga um monte de dinheiro que custa uma pena micharia dessa eles gasta muito mais dos cofre publico gastando com quem n'ao tem direito
2
0
fabio denis pereira de souza
ter, 14 de mai/2013 19:51
vamos lutar juntos por mais melhoria//.] presisamos ganhar mais um pouco mais;; vamos lutar tamos juntos nessa luta///
3
0
fabio denis pereira sousa
sab, 18 de mai/2013 22:54
se for 14´estamos indo bem vamos junto na luta pelos nossos dir eitos estamos jutos nesa luta
12
1
conteúdo relacionado
áudios
qua, 15 de out/2014

palavra do presidente
Miguel Torres, presidente da Força Sindical
cultura
filmes relacionados ao mundo do trabalho

Dica de filme: Tempos Modernos (Modern Times)

Na década de 1930 a produção em série industrial era a imagem da modernidade, impondo um estilo de vida que se baseava no tempo de trabalho, na hierarquia do sistema produtivo e no poder de consumo que cada camada desta hierarquia passou a ter. Leia mais ...
imagens
2014-09-01 00:00:00
charges

Rua Rocha Pombo, 94
Liberdade / SP - Brasil
CEP 01525-010

pabx
55 11 3348.9000