artigo / opinião
secretarias
Criança e Adolescente
qui, 24 de abr/2014
Portadores de Deficiência
ter, 22 de abr/2014
jornal da força
Edição nº 89 seg, 24 de mar/2014
agenda

abril - 2014

D
S
T
Q
Q
S
S
 
 
01020304
05
06
07080910
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
2526
27
28
29
30
 
 
 
Notícias da Imprensa
Compartilhe esta notícia com seus contatos das Redes Sociais
ter, 14 de fev/2012
FONTE: Portal eBand

Curitiba (PR): Motoristas de ônibus entram em greve

Paralisação foi decidida em assembleia ontem à noite em Curitiba; trabalhadores não aceitaram proposta do sindicato patronal

com Metro Curitiba noticias@band.com.br

Os motoristas e cobradores de ônibus da RIT (Rede Integrada de Transporte), que atendem Curitiba e região metropolitana, decidiram na noite de ontem entrar em greve por tempo indeterminado.

Os cerca de mil trabalhadores que participaram de assembleia na praça Rui Barbosa foram contra a proposta do Setransp (Sindicato das Empresas de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana), que previa reajuste de 7% no salário e mais aumento em benefícios, como saúde e alimentação. Somados, eles chegariam a 10%, segundo a assessoria.

Nenhum ônibus está rodando na cidade de Curitiba na manhã desta terça. As principais vias estão fechadas, o trânsito segue muito complicado e trabalhadores tanto na região central da capital quanto da região metropolitana, foram prejudicados pela falta de transporte público.

A classe reivindica reajuste de 40%, além de 200%no vale-alimentação, e melhoria nas condições de trabalho, conforme informou o Sindimoc (Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana). Ontem, os trabalhadores já organizavam piquetes para impedir que os ônibus saíssem das garagens – os primeiros começam a circular às 5h.

O Setransp preparava plano de contingência “com apoio da Polícia Militar para garantir o trabalho de quem quiser cumprir sua escala”.

A assessoria de imprensa da Urbs informou que a empresa vai recorrer à Justiça para tentar amenizar o impacto da greve e garantir o funcionamento do transporte. A empresa pediu uma liminar na manhã desta terça, determinando que 60% dos ônibus estejam rodando nos horários normais, e 80% durante o horário de pico. Entretanto, os grevistas não acataram a solicitação.

nenhum comentário enviado
faça seu comentário
600
conteúdo relacionado
palavra do presidente
Miguel Torres, presidente da Força Sindical
cultura
filmes relacionados ao mundo do trabalho

Dica de Filme: 24 Horas (24: Live Another Day)

Três frases resumem os 192 episódios, ou as 192 horas mais difíceis na vida de Jack Bauer: “Essa era nossa única pista”, “Milhares de vidas estão em jogo” e, sobretudo “Preciso fazer o que tem que ser feito”. Leia mais ...
imagens
2014-04-15 00:00:00
charges

Rua Rocha Pombo, 94
Liberdade / SP - Brasil
CEP 01525-010

pabx
55 11 3348.9000

força mail

Para receber novidades, cadastre-se aqui: