artigo / opinião
secretarias
Relações Internacionais
qui, 23 de out/2014
jornal da força
Edição nº 94 sex, 03 de out/2014
agenda

OUT/2014

D
S
T
Q
Q
S
S
 
 
 
01
02
03
04
05
06
070809
10
11
12
131415161718
19
20
21
22
23
24
25
2627
28
2930
31
 
Notícias da Força
Compartilhe esta notícia com seus contatos das Redes Sociais
seg, 02 de abr/2012
FONTE: Assessoria de Imprensa da Força Sindical/MA

São Luis (MA): Alumar pode fechar e causar 2 mil demissões

A Força Sindical no Estado do Maranhão irá procurar o governador do Estado, a Assembleia Legislativa e a FIEMA para discutir o possível fechamento da empresa que vai refletir na demissão de 2 mil trabalhadores.

O presidente da  Força Sindical no Maranhão, Frazão Oliveira, preocupado com a possível demissão de mais de dois mil trabalhadores da Alumar, caso a empresa cumpra a ameaça que vem fazendo nos últimos dias, de fechar a sua fabrica em São Luis, o sindicalista esta solicitando audiências com a governadora do Maranhão, Roseana Sarney, com o presidente da Assembléia Legislativa do Estado, Deputado Arnaldo Melo e o presidente da FIEMA, (Federação das Indústrias do Maranhão), Edilson Baldez, para discutir com estes o possível fechamento da Alumar no Maranhão, já no mês de abril.

Segundo Frazão “a situação devera se tornar gravíssima caso venha a se concretizar a idéia de fechar a Alumar, como é a intenção do presidente mundial do Grupo ALCOA, Klaus Kleinfeld”, afirma o sindicalista.

Klaus vem ordenando o fechamento de fábricas do consórcio nos Estados Unidos e na Europa, por conta da queda acentuada no preço de suas commodities. No Brasil, o presidente da empresa, ainda se queixa, do custo elevadíssimo da energia elétrica produzida no País.

O sindicalista entende que esta discussão deve ser levada também a toda a bancada federal do estado, no Congresso Nacional. “Os nossos Deputados Federais e Senadores, tem como levar o fato ao conhecimento da Presidente Dilma Roussef, do Presidente do Congresso Nacional, o maranhense Senador José Sarney, do Ministro das Minas e Energia, o também maranhense Senador Edson Lobão, do Presidente da Câmara de Vereadores de São Luis, Vereador Isaias Pereirinha, e do Prefeito da Capital, Dr. João Ribeiro Castelo Gonçalves”, enfatiza Frazão Oliveira, presidente da Força Sindical Maranhão.

Para Frazão, o fechamento definitivo da Alumar em São Luis, irá causar um tsunami, na economia local, pois serão devastados não só empregos dos trabalhadores da Alumar, como também fecharão dezenas de pequenas e médias empresas, com operações ligadas direta e indiretamente à empresa no estado. “Esse fato, irá por sua vez eliminar outras centenas de postos de trabalhos em São Luis, jogando uma multidão de trabalhadores no olho da rua”, alerta Frazão.

O sindicalista ameaça ir aos Estados Unidos, na matriz do Grupo ALCOA, conversar com o presidente mundial do Consorcio ALCOA, Klaus Kleinfeld, para solicitar deste o não fechamento da fabrica Alumar no Maranhão. 

download de arquivos relacionados
nenhum comentário enviado
faça seu comentário
600
conteúdo relacionado
áudios
qua, 15 de out/2014

palavra do presidente
Miguel Torres, presidente da Força Sindical
cultura
filmes relacionados ao mundo do trabalho

Dica de filme: Tempos Modernos (Modern Times)

Na década de 1930 a produção em série industrial era a imagem da modernidade, impondo um estilo de vida que se baseava no tempo de trabalho, na hierarquia do sistema produtivo e no poder de consumo que cada camada desta hierarquia passou a ter. Leia mais ...
imagens
2014-09-01 00:00:00
charges

Rua Rocha Pombo, 94
Liberdade / SP - Brasil
CEP 01525-010

pabx
55 11 3348.9000