Metalurgica Onixy

A mobilização por reajuste salarial e renovação da Convenção Coletiva atingiu a marca de 20.700 trabalhadores envolvidos na manhã desta quinta-feira, 14, no sexto dia do mutirão de assembleias da Campanha Salarial promovido pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região.

Hoje, foi a vez dos trabalhadores de Cotia e de Vargem Grande Paulista mostrarem sua disposição de luta. Ao todo, 3.200 trabalhadores e trabalhadoras de fábricas como Altra, Bitzer, Vicon, Multivisão, Konecranes, Alvenius, Konecranes, Onix, Schunk e Sedes Elbac participaram das assembleias.

“O saldo é bem positivo. A mobilização de hoje deixa clara a disposição dos trabalhadores e das trabalhadoras de buscar o reajuste salarial e a renovação das cláusulas da convenção coletiva”, avalia o diretor do Sindicato Alex da Força, que junto da equipe da região coordenou o mutirão de hoje.

Seminário Regional

A data-base da categoria é em 1º de novembro. Até lá a mobilização vai aumentar na região. No próximo sábado, 16, por exemplo, o Sindicato promove dois seminários que vão discutir a partir das 9h o cenário econômico e político em que ocorre a Campanha deste ano. Um deles acontece na Subsede de Cotia, e outro na Subsede de Taboão.

“Este é o momento de demonstrarmos a nossa unidade, de reforçar a mobilização em defesa das reivindicações feitas às entidades patronais. Por isso que os trabalhadores devem ficar atentos ao chamado do Sindicato”, destaca o presidente do Sindicato, Gilberto Almazan (Ratinho).

Entre as principais reivindicações dos trabalhadores estão reajuste salarial, valorização nos pisos salariais e ampliação de benefícios. Os trabalhadores também negociam a melhoria das cláusulas sociais da Convenção Coletiva.

Os metalúrgicos de Osasco e região participam da Campanha Salarial Unificada, organizada pela Federação dos Metalúrgicos do Estado de São Paulo, que representa mais de 700 mil trabalhadores.

Metalurgica Onixy

A mobilização por reajuste salarial e renovação da Convenção Coletiva atingiu a marca de 20.700 trabalhadores envolvidos na manhã desta quinta-feira, 14, no sexto dia do mutirão de assembleias da Campanha Salarial promovido pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região.

Hoje, foi a vez dos trabalhadores de Cotia e de Vargem Grande Paulista mostrarem sua disposição de luta. Ao todo, 3.200 trabalhadores e trabalhadoras de fábricas como Altra, Bitzer, Vicon, Multivisão, Konecranes, Alvenius, Konecranes, Onix, Schunk e Sedes Elbac participaram das assembleias.

“O saldo é bem positivo. A mobilização de hoje deixa clara a disposição dos trabalhadores e das trabalhadoras de buscar o reajuste salarial e a renovação das cláusulas da convenção coletiva”, avalia o diretor do Sindicato Alex da Força, que junto da equipe da região coordenou o mutirão de hoje.

Seminário Regional

A data-base da categoria é em 1º de novembro. Até lá a mobilização vai aumentar na região. No próximo sábado, 16, por exemplo, o Sindicato promove dois seminários que vão discutir a partir das 9h o cenário econômico e político em que ocorre a Campanha deste ano. Um deles acontece na Subsede de Cotia, e outro na Subsede de Taboão.

“Este é o momento de demonstrarmos a nossa unidade, de reforçar a mobilização em defesa das reivindicações feitas às entidades patronais. Por isso que os trabalhadores devem ficar atentos ao chamado do Sindicato”, destaca o presidente do Sindicato, Gilberto Almazan (Ratinho).

Entre as principais reivindicações dos trabalhadores estão reajuste salarial, valorização nos pisos salariais e ampliação de benefícios. Os trabalhadores também negociam a melhoria das cláusulas sociais da Convenção Coletiva.

Os metalúrgicos de Osasco e região participam da Campanha Salarial Unificada, organizada pela Federação dos Metalúrgicos do Estado de São Paulo, que representa mais de 700 mil trabalhadores.