“Votar é um dever cívico, republicano e democrático, uma importante participação na vida política da cidade e do País. Deve, portanto, ser um motivo de orgulho para todos nós
francisco sales chiquinhoCrédito: Arquivo
Neste 15 de novembro, Dia da Proclamação da República, a sociedade brasileira vai novamente às urnas para eleger os novos prefeitos e vereadores.
 
Para o Sindicato dos Metalúrgicos de Mococa e região, mais que uma obrigação, votar é um direito conquistado no passado com muitas lutas e sacrifícios.
 
Por isto, o Sindicato tem aproveitado as assembleias da Campanha Salarial 2020 em andamento para também incentivar a participação da categoria metalúrgica no pleito municipal de domingo e o voto consciente em candidatos com propostas que, se forem colocadas em prática, garantirão políticas públicas democráticas e de amplo alcance social.
 
“O voto dos trabalhadores e das trabalhadoras têm de ter este sentido de classe, popular, coletivo e desenvolvimentista. Não podemos votar em demagogo, em gente que diz que representará o povo, mas que depois das eleições desaparece e só usa o mandato para seus interesses particulares e/ou de grupos poderosos, alheios às demandas da maioria e da classe trabalhadora por uma cidade melhor, mais justa e desenvolvida”, alerta Francisco Sales Gabriel Fernandes, o Chico, presidente do Sindicato e vice-presidente da Federação dos Metalúrgicos do Estado de SP.
 
folga-domingos-310x144
A pandemia é um dos fatores que pode prejudicar o comparecimento às urnas, mas os protocolos sanitários da Justiça Eleitoral, que devem ser respeitados, garantirão a saúde e a segurança dos eleitores. Nos locais de votação, o uso de máscara será obrigatório, haverá distanciamento mínimo entre as pessoas e álcool gel estará à disposição. Uma boa dica é levar caneta própria.
 
“Votar é um dever cívico, republicano e democrático, uma importante participação na vida política da cidade e do País. Deve, portanto, ser um motivo de orgulho para todos nós. No domingo, 15 de novembro, vamos às urnas minha gente!”, diz Chico do Sindicato.
 
francisco sales chiquinhoCrédito: Arquivo
Neste 15 de novembro, Dia da Proclamação da República, a sociedade brasileira vai novamente às urnas para eleger os novos prefeitos e vereadores.
 
Para o Sindicato dos Metalúrgicos de Mococa e região, mais que uma obrigação, votar é um direito conquistado no passado com muitas lutas e sacrifícios.
 
Por isto, o Sindicato tem aproveitado as assembleias da Campanha Salarial 2020 em andamento para também incentivar a participação da categoria metalúrgica no pleito municipal de domingo e o voto consciente em candidatos com propostas que, se forem colocadas em prática, garantirão políticas públicas democráticas e de amplo alcance social.
 
“O voto dos trabalhadores e das trabalhadoras têm de ter este sentido de classe, popular, coletivo e desenvolvimentista. Não podemos votar em demagogo, em gente que diz que representará o povo, mas que depois das eleições desaparece e só usa o mandato para seus interesses particulares e/ou de grupos poderosos, alheios às demandas da maioria e da classe trabalhadora por uma cidade melhor, mais justa e desenvolvida”, alerta Francisco Sales Gabriel Fernandes, o Chico, presidente do Sindicato e vice-presidente da Federação dos Metalúrgicos do Estado de SP.
 
folga-domingos-310x144
A pandemia é um dos fatores que pode prejudicar o comparecimento às urnas, mas os protocolos sanitários da Justiça Eleitoral, que devem ser respeitados, garantirão a saúde e a segurança dos eleitores. Nos locais de votação, o uso de máscara será obrigatório, haverá distanciamento mínimo entre as pessoas e álcool gel estará à disposição. Uma boa dica é levar caneta própria.
 
“Votar é um dever cívico, republicano e democrático, uma importante participação na vida política da cidade e do País. Deve, portanto, ser um motivo de orgulho para todos nós. No domingo, 15 de novembro, vamos às urnas minha gente!”, diz Chico do Sindicato.